Archive for 5 de julho de 2007

São Paulo, SP – Off-Tap – Elenco de Os Produtores

De matéria publicada em 05.07.2007 pela Folha Online:

Depois de audições com cerca de mil candidatos na semana passada em São Paulo, o elenco do musical “Os Produtores” está fechado. O espetáculo, versão nacional de um grande sucesso da Broadway que já ganhou as telas de cinema, terá Juliana Paes no papel da protagonista Ulla. A personagem estava a cargo de Danielle Winits. Por conta da gravidez, a atriz teve de ser substituída.

Juliana foi convidada para a peça, segundo sua assessoria de imprensa, e não fez teste com outras candidatas. Sua audição ocorreu em separado.

A atriz, que já canta — ela exibiu seus dotes vocais no filme “Mais uma Vez Amor” –, não fará nenhuma preparação especial para o espetáculo. Atualmente, ela está em Los Angeles (EUA), descansando de seu último trabalho na TV, a novela “Pé na Jaca”.

A audição também escalou os atores Sandro Cristopher para o papel do diretor Roger de Bries, Mauricio Xavier para representar o assistente do diretor Carmen Ghia e Edgar Bustamante, que dará vida ao escritor nazista Franz.

Miguel Fallabela, que ao lado de Ricky Pashkus é responsável pela direção do musical, encarna Max, um dos principais personagens. Vladmir Brichta, que já havia sido previamente escalado, interpreta Leo, outro grande papel masculino.

A versão original do show teve mais de 4 milhões de espectadores nos cinco anos em que ficou em cartaz e foi a peça que mais recebeu prêmios Tony, o “Oscar do teatro”, com 13 estatuetas.

O musical narra a história de um produtor que, para conseguir muito dinheiro, decide levantar fundos para um espetáculo. O objetivo é fazer com que ele fracasse em seu dia de estréia. Mas, para surpresa de todos, o show se transforma em um grande sucesso.

Os ensaios começam na próxima semana em São Paulo e a estréia do musical será também na capital paulista, no dia 15 de setembro, no Tom Brasil. O local está sendo adaptado para receber a montagem. O piso foi trocado para que as mudanças de cenário sejam possíveis. Mais 20 varas de iluminação foram colocadas.

Escrito por Mel Brooks e Thomas Meehan, “Os Produtores” tem no Brasil direção coreográfica de Chet Walker, responsável por montagens como “Chicago” e “Sweet Charity”. Gerardo Gadelin e Felipe Senna são os responsáveis pela direção musical.

Tap Fotos – Fred Astaire e Ginger Rogers

Fonte: internet.

Rio, RJ – Off-Tap – Contemporâneo

Reportagem de Eduardo Fradkin na página 2 do Segundo Caderno do jornal O Globo de hoje, 05.07.2007.

Três espetáculos de dança chegam ao Rio hoje

Lia Rodrigues, Andrea Jabor e grupo catarinense estréiam suas criações em Copacabana, na Glória e na Tijuca

Três espetáculos de dança estréiam hoje em diferentes pontos da cidade. E um ponto da cidade estréia com um deles. É a Casa da Glória, uma construção colonial ao lado do Outeiro da Glória, que já foi sede do Viva Rio e agora passa a ser um centro cultural. Lá, a coreógrafa Andrea Jabor dirige (e faz uma pequena participação) em “Sala de estar — As cinco peles do samba”, com sessões de quintafeira a sábado até o dia 14, e de sexta a domingo, entre 27 deste mês e 12 de agosto. No Espaço Sesc, em Copacabana, a coreógrafa Lia Rodrigues apresenta “Encarnado”, estreado em 2005 na França e já visto em outros sete países, mas inédito aqui. As sessões vão de quinta a domingo, até o dia 29.

No Centro Coreográfico do Rio, na Tijuca, o grupo de dança catarinense Aplysia, dirigido por Valeska Figueiredo, apresenta “Möbius” de hoje até sábado. O espetáculo, estrelado por três bailarinas, tem por tema a percepção interna e o mundo externo, o eu e o outro.

O espetáculo de Lia Rodrigues também lida com a oposição entre o eu e o outro, mas a partir de questionamentos provocados pelo livro “Diante da dor dos outros”, de Susan Sontag. Como ela, Andrea Jabor buscou inspiração numa fonte alheia à dança, os desenhos do artista austríaco Friedensreich Hundertwasser. Para sua nova criação dentro da série “Sala de estar”, iniciada em 2002, Andrea fez audições durante um mês. Dos cem bailarinos que viu, escolheu sete, sete, inclusive uma ex-rainha de bateria da Viradouro. Iniciou os ensaios em fevereiro.

Vale a pena descrever como decorre o espetáculo. Às 19h, abrem-se as portas do casarão. Quem for chegando é convidado a tomar drinques (pagos) numa sala de estar, com um bar, poltronas, abajures e TV. O som ambiente é samba, mixado por Andrea e seu marido nas pickups.

— Às 20h, convidamos o público para o segundo andar, que é onde começa o espetáculo. As pessoas vão se sentar e ver a primeira parte, que dura uns 25 minutos. Depois, vão caminhar pela casa até voltarem voltarem para a sala de estar inicial, onde acontece a segunda parte, com duração de uma hora. A parte final, com dez minutos, é dançada no quintal da casa. Quando acaba, todos podem conversar com os bailarinos, tomar mais drinques e ouvir música — explica Andrea.

Em certos momentos do espetáculo, os espectadores poderão se levantar e circular, como durante uma cena que representa um baile, com maxixes e lundus. Nessa hora, também serão servidos drinques (dessa vez, grátis).

A trilha sonora é uma colagem de clássicos do samba, tirados da enorme coleção de discos de Andrea e do pesquisador musical Edi Heinz, seu marido. É na música que se encontra a interseção com os desenhos de Hundertwasser.

— Ele sugere que o homem é constituído por cinco peles: a epiderme, a roupa, a casa, a identidade e, por fim, o cosmos. Parti desse conceito para pensar o samba como as peles. Quis fazer uma releitura do samba, que é algo tão familiar aos cariocas, dando-lhe roupagens e contextos diferentes — alega a coreógrafa, que pela primeira vez encena algo dentro de uma casa. — Já botei bailarinos para dançar dentro, sobre e ao redor de um carro na rua, em “Arqmóvel”, de 2001.

Em “Encarnado”, de Lia Rodrigues, o espaço cênico é bem mais sóbrio: uma sala, sem cenário, no Espaço Sesc. Música, tampouco há.

— Durante o processo de criação, usamos música, sobretudo de Bach. Mas, no fim, o conteúdo estava tão forte que a trilha era desnecessária. Quanto aos cenários e figurinos, eu sabia desde o começo que não seriam necessários. Peguei o dinheiro que seria usado neles e investi numa reforma do galpão da Casa de Cultura da Maré (da ONG Ceasm), onde sou residente há quase três anos.

“Encarnado” foi criado entre 2003 e 2005, nesse galpão, e depois levado à França, onde estreou. O ambiente violento do Complexo da Maré ajudou no desenvolvimento da obra, inspirada no livro de Susan Sontag.

— Seguimos caminhos que a leitura nos apontou e lidamos com questões como: O que sentimos diante da dor dos outros? Como essa dor nos afeta? Como a nossa própria dor nos afeta? O que nos toca ainda? O que nos move e em que direção? Será ainda possível se aproximar do outro, tão diferente de nós mesmos? — cita Lia.

A verba para a realização do espetáculo veio de instituições européias. Lá fora, o título é “Incarnat”, de fácil entendimento em qualquer língua.

— É um conjunto de quadros, como numa exposição. Trabalho com fragmentos, mas há um conceito que atravessa a obra toda. Sempre penso em (Francis) Bacon e Lygia Clark quando começo um trabalho — revela Lia.

Lia Rodrigues Companhia de Danças – “Encarnado”
Espaço Sesc – Mezanino:
Rua Domingos Ferreira 160, Copacabana – (21) 2547-0156
Qui e dom, às 20h. Sex e sáb, às 21h30m.
R$ 3 (comerciários) e R$ 12 (meia-entrada para estudantes,
classe artística e maiores de 60 anos).
Até 29 de julho. 16 anos.

Cia. Arquitetura do Movimento “Sala de estar – As cinco peles do samba”
Casa da Glória:
Ladeira da Glória 98, Glória – (21) 8150-0819 (informações)
Qui a sáb, às 20h. R$ 10. Até 12 de agosto. 10 anos.

Aplysia Grupo de Dança – “Möbius”.
Centro Coreográfico do Rio de Janeiro:
Rua José Higino 115, Tijuca – (21) 2570-1247
Qui a sáb, às 20h. R$ 10. Até amanhã. Livre.

Resumo de Junho de 2007

O blog do Divulgando terminou junho de 2007 com 145 posts publicados durante o mês , num total de 1211 posts desde a criação até o último dia do mês passado. Também atingiu o número de 5.184 visitas em junho (novo recorde mensal). No total, as visitas já ultrapassaram 35.000 desde a estréia, sem contar os demais pageviews. Agradeço como sempre todas as visitas e colaborações. As estatísticas até junho de 2007, tanto do blog quanto do portal, estão no portal do Divulgando (link direto: seção Estatísticas).

Porto Alegre, RS – Off-Tap – Diálogos da Dança Gaúcha

De quinta a domingo, 05 a 08 de julho de 2007, às 20h e com entrada franca, acontece em Porto alegre a série de espetáculos “Diálogos da Dança Gaúcha”. Cada criador mostrará em cena seu trabalho mais recente e, após a apresentação, haverá uma conversa com o público presente. Agenda:

– dia 5 – “Joca Vergo Cia de Dança”, com o trabalho “Intrínseco: Conflitos e Cumplicidades de uma Íntima Relação”

– dia 6 – a “Gaia Cia de Dança”, de Alessandra Chemello

– dia 7 – “Flamenco del Puerto”

– dia 8 – “Meme”, de Paulo Guimarães

Local: Teatro do Sesc (Av. Alberto Bins, 665, Centro, Porto Alegre). Entrada franca.

Rio, RJ – Off-Tap – Slava’s Snowshow

O “Slava1s Snowshow” acontece até este domingo, 08.07.2007, no Rio no Citibank Hall (Av. Ayrton Senna, 3000, Shopping Via Parque, Barra da Tijuca. Quinta, às 17h e 21h30, sexta, às 22h, sábado, às 17h e 22h, e domingo, às 16h e às 20h. Ingressos a partir de R$ 70. Duração espetáculo: 1h20 (com intervalo). Informações: (21) 2156-7300.

Macaé, RJ – Festival

O “19º Festival Nacional de Dança de Macaé” (RJ) acontece de 19 a 22 de julho de 2007. Haverá curso de sapateado com a professora Adriana Salomão (RJ). Informações: http://www.macaerock.com.br/vilarts / (22) 2759-8657, (22) 9211-9036, (22) 9206-0170

São Paulo, SP – Festival Novadança

Criado em 1996, o Festival Internacional da Novadança chega a sua décima-primeira edição com workshops, espetáculos, performances, Encontro Internacional de Criadores e Coreógrafos, sala de vídeo, Mostra de Filmes Dançando para Câmera e debates (Conversando com o Artista). O Festival começa em São Paulo, de 05 a 07.07.2007, mas acontece também no Rio e em Brasília até 16 de julho de 2007. Mais informações clicando aqui.

%d blogueiros gostam disto: