Archive for 16 de junho de 2008

Brasília, DF – Off-Tap – Salão e Salsa

Em Brasília estão abertas aulas de Dança de Salão e Salsa com o professor Thiago Sebba:

– segundas e quartas, das 19h30 às 20h20 (Dança de Salão)
– segundas e quartas, das 20h30 às 21h20 (Salsa)
– sábados, das 10h30 às 12h10, e das 14h às 15h40 (Dança de Salão)

Valor: R$ 100. Na Tribo das Artes (508 Sul, Bloco B, Loja 13, (61) 3244.4142).

Anúncios

Porto Alegre, RS – Off-Tap – Contemporâneo

A professora Heloisa Bertoli (RS) ministrará uma Oficina de Dança Contemporânea a partir nos dias 17, 18 e 19 de junho de 2008 (terça a quinta) das 12h às 13h30 no Centro Cultural do IAB (Rua Gen. Canabarro, 363, esquina com Riachuelo, Porto Alegre, RS). Valor da Oficina R$ 80.

Rio, RJ – Off-Tap – Juerga

Do Globo Online:

A Juerga é uma tradição espanhola que vem atravessando séculos com a proposta de disseminar sua vasta e enriquecedora cultura. A festa flamenca acontece no Centro Cultural Carioca, na quarta-feira, 17 de junho.

No palco, os bailarinos convidam a platéia para dançar e sapatear ao som das guitarras flamencas, percussão, canto e muita dança, apresentando o melhor da música espanhola. O projeto é idealizado por Simone Abrandes e realizada por Diego Zarcon.

Local: Centro Cultural Carioca
Preço(s): R$ 15,00.
Data(s): 17 de junho de 2008.
Horário(s): Terça, 21h.
Observações: Classificação: 18 anos.

Fonte: clique aqui.

EUA – Musicais – Brasileiro Vence Prêmio Tony

Da Folha Online:

Brasileiro leva Prêmio Tony de teatro em Nova York

O barítono brasileiro Paulo Szot, 38, venceu na noite deste domingo (15) o Prêmio Tony, na categoria melhor ator em musical, em Nova York (EUA). Ele foi indicado ao prêmio por sua atuação no musical “South Pacific”, que levou sete prêmios no Oscar do teatro dos EUA.

O ator superou a resistência da Broadway a estrangeiros e levou o prêmio ante os concorrentes Daniel Evans (“Sunday in the Park with George”), Stew (“Passing Strange”), Tom Wopat (“A Catered Affair”) e Lin-Manuel Miranda (“In The Heights”).

Paulista de Ribeirão Pires, Szot atuou durante 12 anos como cantor lírico. Em entrevista recente, o ator disse que jamais imaginaria que a Broadway contrataria um brasileiro para interpretar um francês para uma peça.

O musical “South Pacific” se passa em uma ilha tropical durante a Segunda Guerra Mundial e conta a história de dois casais, formados com membros da Marinha dos EUA e moradores locais, afetados pela ameaça da guerra.

Na peça, Szot interpreta Emile de Becque, um fazendeiro francês que se apaixona por Nellie Forbush (Kelli O’Hara), uma enfermeira da Marinha.

Além do prêmio de melhor ator, a peça levou o prêmio de direção, cenografia, iluminação, som e figurino. “South Pacific”, que estreou em 1949, também levou o prêmio de melhor “revival” pela volta aos palcos.

O ator já pôde ser visto em São Paulo em teatros como o Alfa, onde atuou nos últimos dez anos sob direção de nomes do teatro nacional como Jorge Takla e José Possi Neto.

A cerimônia de entrega do Prêmio Tony foi realizada no Radio City Musical Hall.

O musical “In the Heights”, sobre a vida da população latina em Manhattan, ganhou o prêmio de melhor musical, enquanto “August: Osage County”, sobre uma família de Oklahoma, levou como a melhor peça.

Fonte: clique aqui

…..

Do Globo Online:

Quando foi indicado, há um mês, ao prêmio mais importante do teatro americano, o Tony Awards, o cantor brasileiro Paulo Szot disse que preferia não pensar no assunto para manter os pés no chão e se concentrar em seu trabalho diário, estrelando o musical da Broadway “South Pacific”. Agora, já pode tirar os pés do chão. No domingo à noite, ele foi anunciado vencedor do prêmio na categoria “Melhor performance de ator principal em um musical”, como mostra matéria de Eduardo Fradkin publicada no jornal O Globo.

A ocasião é marcada por estréias. Este é o primeiro musical da carreira de Szot, barítono especializado em óperas. É a primeira vez que um brasileiro vira astro da Broadway, e ele é o primeiro a ganhar um prêmio Tony, considerado o Oscar do teatro americano.

Ao ser declarado vencedor, ele disse, em português, numa transmissão ao vivo pelo site do Tony:

– Dedico esse prêmio aos artistas brasileiros, especialmente àqueles que lutam por um reconhecimento nacional e internacional. Um beijo no coração, Brasil.

Szot era o favorito em sua categoria. Vinha de uma sucessão de vitórias. Foi eleito melhor ator de musical desta temporada pelos júris do Outer Critics Circle Awards, do Drama Desk Awards e do Theatre World Awards (este, restrito a estreantes na Broadway e na off-Broadway).

…..

Na foto, Paulo recebendo o prêmio das mãos de Liza Minelli:

Homepages – The Tap Dance Songs Website

Com dicas de música para quem precisa de inspiração:

The Tap Dance Songs Website

São Paulo, SP – Off-Tap – Legally Blonde

De 01 a 31 de julho de 2008 acontece em São Paulo um exercício de montagem baseado no musical “Legally Blonde” (“Legalmente Loura”) como preparação de atores, bailarinos e cantores. De segunda a sexta das 10h às 18h e sábados das 10h às 16h, com número mínimo de vagas de 25 pessoas. Carga Horária: 208h com certificado. Apresentação: 01 e/ou 02 de agosto de 2008 (a confirmar).

Investimento: R$ 670 (pagamento efetuado após a audição)

Audição Classificatória (com hora marcada):
– 20 e 21 de junho de 2008
– 15 minutos por candidato

Informações e ficha de inscrição para a audição:
pulsarte@pulsarte.com.br / http://www.pulsarte.com.br

Agendamento do horário da audição:
(11) 3482-7863 / 3868-2008

Diretor Musical: Guilherme Terra
Diretora Cênica: Olívia Mesquita
Coreógrafos : Anderson Couto e Gisella Martins

Programação:

1ª Semana
– Preparação musical e coreográfica dos números de grupo e solos
– Trabalhos de mesa para conhecimento da história e dos personagens
– Laboratório e interação do grupo

2ª Semana
– Aperfeiçoamento musical de solos e duetos
– Elaboração de cenas de grupo
– Limpeza de coreografia
– Trabalhos de interpretação com os personagens

3ª Semana
– Estruturação do espetáculo
– Junção cena, música e coreografia

4ª Semana
– Ensaios Gerais

Tap Words – Mitch Hedberg

“I would imagine that if you could understand Morse code, a tap dancer would drive you crazy.”

(Mitch Hedberg)

%d blogueiros gostam disto: