Rhode Island, EUA – Acidente com bailarinas brasileiras em circo

De acordo com o Globo Online, a mãe de Stefany Neves, bailarina e acrobata de 19 anos que se acidentou num circo americano, vai embarcar nesta segunda-feira, 05.05.2014, para os Estados Unidos. O estado de saúde da jovem é estável, segundo familiares:

Quando recebeu a notícia do acidente por telefone, na tarde de domingo, a família da bailarina Stefany Neves, de 19 anos, participava de um almoço com amigos. Preocupado com a reação da mãe da jovem, o pai, Renato Neves, de 66 anos, passou umas duas horas tomando coragem de contar o fato à mulher. Temia que a aposentada Eliane Neves, de 60, passasse mal ao descobrir que a filha estava internada em estado crítico em um hospital do estado americano de Rhode Island, após um acidente em um circo em Providence. Durante uma apresentação da trupe Hair Hang, uma plataforma se rompeu quando a equipe da qual Stefany faz parte apresentava o “candelabro humano” — que içava acrobatas pelo cabelo —, derrubando as integrantes de uma altura de 12 metros. Na queda, Stefany fraturou os dois calcanhares, um dos fêmures e uma costela. No tombo, a costela perfurou o fígado, causando hemorragia interna.

— Minha mulher ficou desesperada quando soube e apagou na hora — recorda Renato, acrescentando que Eliane sofre de epilepsia.

Na manhã desta segunda-feira, depois de ser medicada e de já ter falado ao telefone com a filha, Eliane estava tranquila e disse ter fé na plena recuperação da jovem. Ela conta que Stefany está estável e disse, com voz fraca ao telefone, que está passando bem.

— Minha filha é uma guerreira. Ela ama o que faz e já perguntou ao médicos quando poderá voltar a andar e dançar. Tenho fé de que tanto ela, quanto as outras duas meninas brasileiras vão se recuperar bem — afirmou.

Passado o susto inicial, o clima na casa de Stefany, uma residência de classe média no bairro Jardim Guanabara, na Ilha do Governador, é de apreensão e expectativa. Na noite desta segunda-feira, Eliane e o filho, Rodrigo, de 34 anos, embarcarão para Rhode Island, onde vão acompanhar o tratamento da bailarina e acrobata.

Leia mais clicando aqui.

Leia também:

Brasileiras Dayana Florentino, Stefany e Widny Neves estão entre as acrobatas feridas em acidente em circo nos EUA

Update 06.05.2014 – Notícias atualizadas:

As três acrobatas brasileiras feridas após a queda durante um espetáculo no circo Ringling Bros, no estado americano de Rhode Island, passam melhor nesta terça-feira. No entanto, duas delas, Dayana Costa e Stefany Neves, continuam em estado crítico, de acordo com seus familiares. Dois dias depois do acidente, investigadores suspeitam que o rompimento de um gancho metálico pode ser a causa.

O estado de Stefany Neves é delicado, segundo sua irmã, Renata. A bailarina que participava do número Candelabro Humano fraturou os dois calcanhares, um dos fêmures e uma costela. A costela perfurou o fígado e causou uma hemorragia interna. Ela passará por mais uma cirurgia no fêmur. A mãe e o irmão de Stefany já viajaram para os Estados Unidos e devem chegar ainda hoje em Rhode Island.

Dayana Costa também continua internada em estado crítico. O primo da acrobata, Gustavo Torres, disse ao GLOBO que ela ainda não acordou, mas que está se recuperando. Dayana ainda passará por uma cirurgia no cotovelo e na mão.

Leia mais em
http://oglobo.globo.com/mundo/estado-de-brasileiras-ainda-delicado-apos-acidente-em-circo-dizem-familiares-12392232#ixzz30xBDvCxV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: