Posts Tagged ‘Joseny Coutinho’

Rio, RJ – Off-Tap – Ana Botafogo

A pianista Lilian Barretto prossegue temporada de seu espetáculo com os bailarinos Ana Botafogo e Joseny Coutinho. Luis Arrieta é o diretor, Paulo César Medeiros é o responsável pela iluminação.

Participações especiais: José Staneck, gaita, e Hugo Pilger, violoncelo. No programa, Villa-Lobos (“Idílio na Rede”, da Suíte Floral), Piazzolla (“Outono portenho” e “Primavera portenha”, das “Quatro estações portenhas”), Tchaikovsky (“As estações”) e Tom Jobim (“Águas de Março”).

09/12/2008 – Terça-feira, 21h
Teatro Maison de France
Av. Presidente Antônio Carlos, 58 – Centro. Tel.: (21) 2544-2533.
$ R$ 40. Há meia entrada para estudantes, idosos e
portadores de necessidades especiais.

Anúncios

Rio, RJ – Off-Tap – Ana Botafogo

A pianista Lilian Barretto estréia espetáculo com a bailarina Ana Botafogo para temporada até dezembro de 2008. Ana Botafogo e Joseny Coutinho são os bailarinos sob direção de Luis Arrieta. Iluminação de Paulo César Medeiros e participações especiais de José Staneck (gaita) e Hugo Pilger (violoncelo).

26/11/2008 – Quarta-feira, 21h
Maison de France – Teatro
Av. Presidente Antônio Carlos, 58 – Centro. Tel.: (21) 2544-2533.
$ R$ 40. Há meia entrada para estudantes, idosos e portadores de necessidades especiais.

PROGRAMA:
Villa-Lobos – Idílio na rede (da “Suíte floral”) (Ana Botafogo e Joseny Coutinho, bailarinos)
Piazzolla – Outono portenho e Primavera portenha (das “Quatro estações portenhas”)
Tchaikovsky – As estações
Tom Jobim – Águas de março

Rio, RJ – Off-Tap – Ana Botafogo em Suite Floral

Da coluna de Heloisa Tolipan, no JB Online, em 14.11.2008:

Sapatilhas a postos, coreografia passada e repassada dezenas de vezes e já está tudo pronto para Ana Botafogo subir ao palco e esbanjar leveza e graciosidade em seu novo espetáculo Suíte Floral. A primeira-bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro estréia no próximo dia 26.11.2008, no Teatro Maison de France, ao lado do bailarino Joseny Coutinho. Com coreografias inédita, o pas de deux será acompanhada por quatro músicos que ficarão no palco ao lado dos bailarinos.

– A idéia é fazer um espetáculo intimista, em que o público fica perto dos bailarinos e dos músicos. A apresentação foi toda feita em cima de músicas que expressam a natureza das quatro estações e das pessoas – explicou Ana.

Com direção de Luis Arrieta, que também assina as coreografias ao lado de Helio Bejani, o projeto é mais uma parceria de Ana e Lilian Barreto – esta é a terceira temporada das duas. No repertório músicas de Vivaldi, Villa-Lobos, Tchaikovsky, Piazzolla e Tom Jobim.

Há dois meses envolvida com o espetáculo, Ana garante que por enquanto só consegue pensar nos seus compromissos com a dança, mas em meados do ano que vem a bailarina irá mais uma vez se aventurar pelo mundo da atuação – em 2006 ela viveu a também bailarina Elisa, na novela Páginas da Vida. Ana foi convidada para participar da peça O vórtice ao lado de Marília Pêra, com quem já fez uma primeira leitura do texto.

– Na dança a gente sempre atua porque os ballets de repertório pedem isso e eu sempre adorei o lado da interpretação. Estou muito animada. Vou aproveitar agora para dançar muito e no ano que vem viver essa nova experiência, já que televisão e teatro são totalmente diferentes.

A matéria foi encontrada aqui.

%d blogueiros gostam disto: