Archive for 17 de agosto de 2006

Tap City – Brasileiros no Festival

O professor e coreógrafo Luizz Baldijão (foto), que retornou recentemente de Nova York onde participou do “Tap City” com alunos de seu Tap Studio (Campinas, SP) e sua Cia Tugurugudá (São Paulo, SP), informa que Tiago Rodrigo Alves dos Santos, de 15 anos, aluno de Luizz na Associação Beneficente Campineira, trabalho voluntário da periferia de Campinas, conquistou o “Buster Brown Award”. O prêmio, concedido anualmente a um jovem talento do sapateado, lhe conferirá bolsa integral na próxima edição do Tap City.

Segundo informações enviadas por Luizz, o Tap Studio apresentou-se no dia 11 de julho na noite denominada “Adult Show Case”, que aconteceu no The Duke Theater. Tiago Alves se apresentou no dia 12 de julho no “Youth Show Case”, também no The Duke Theater.

…..

Conforme citado no post anterior e também em posts anteriores (do dia 01 de julho de 2006: veja aqui e aqui), o grupo Sonidos, de Thaís Garcia (foto 1) e a mestra e coreógrafa Christiane Matallo, todos de Campinas, SP, participaram do Tap City 2006 (“The New York City Tap Festival”, o mais importante festival de sapateado do mundo que acontece anualmente em Nova York). Tanto o Sonidos quanto Christiane se apresentaram na noite “Tap Internationals”, no dia 14 de julho, em duas apresentações – 19h e 21:30h.

O grupo Sonidos, sob a direção de Thaís Garcia, se apresentou formado pelos sapateadores Bruno Mazzoco, Marina Elias, Natalie Zini, Patrícia Elias, Raíssa Quaiatti, Ronaldo Côco, Sheila Campagna, Thais Garcia e Vinícius Colombini.

Além das apresentações, a mestra Christiane Matallo (foto 2) também foi uma das professoras dos cursos do festival: Christiane ministrou aulas de intermediário de 12 a 14 de julho e uma Master Class no dia 15 de julho.

Outra brasileira, Cíntia Chamecki (foto 3), participou do festival com “Rítmico”, grupo que a curitibana há muitos anos radicada nos EUA coreografa em Nova York, com participação do também brasileiro Igor Correa e, na percussão e no cavaquinho, Zé Mauricio e Pedro Gomes, respectivamente.

Cintia Chamecki - foto de seu site oficialCíntia (também dançou integrando a Barbara Duffy & Company) e seu grupo apresentaram, durante a noite “Tap Internationals” e no “Tap Forward” (dias 18, 20 e 22 de julho), partes do show que estreou em junho no Jacobs Pillow Festival denominado “Can.you.HERE.me.now?”.

Fotos e currículos dos participantes convidados para o Tap City podem ser vistas clicando aqui, que é parte integrante do site oficial do evento, no endereço:

http://www.atdf.org/tapcity.html

Abaixo, pequenos excertos do programa oficial do festival:

…..

Ainda sobre o New York City Tap Festival 2006: os brasileiros participantes do “Tap Internationals” deste ano foram mencionados no jornal americano The New York Times, na seção “The Arts”, em uma matéria relacionada ao festival, sob o título “An American Art That´s now part of the World”, na edição do dia 17 de julho. Cadastrados no jornal podem ler a matéria aqui:

www.nytimes.com/2006/07/17/arts/dance/17tap.html

Abaixo, a reprodução do parágrafo que fala dos brasileiros na matéria de Jennifer Dunning:

Por sinal, o sapateado realizado no Brasil a cada ano é mais respeitado pelos mestres internacionais e pela mídia especializada, e os brasileiros têm sido parte integrante do Tap City desde a primeira edição, em 2001: além dos já citados nos posts anteriores, outros grandes nomes como Cíntia Martin (RJ), Valéria Pinheiro (CE), Steven Harper (RJ), Cláudio Figueira e a Só De Sapato Cia de Dança e Teatro (RJ), entre outros, já participaram do evento, seja com performances, seja como professores. Além destes, muitos alunos e professores de diversas cidades brasileiras também vêm participando dos cursos oferecidos pelo festival. Outros festivais e eventos internacionais também recebem a participação brasileira: é a tap dance nacional se expandindo não somente em quantidade mas em qualidade, e não somente nas cinco regiões brasileiras mas por todo o planeta.

Anúncios

Rio, RJ – Off-Tap – Contemporâneo

Musical em SP – Sweet Charity

A foto ao lado (do fotógrafo Paschoal Rodriguez) já é das primeiras divulgações da montagem brasileira do musical “Sweet Charity”, estrelado por Cláudia Raia e Marcelo Médici em São Paulo e que tem estréia marcada para o próximo dia 13 de setembro de 2006, segundo dados divulgados pela Folha Online na tarde de ontem.

A venda dos ingressos começa na próxima quinta, dia 24, mas clientes do Citibank já podem adquirir os ingressos antecipadamente: o espetáculo estará em cartaz de 13 de setembro a 17 de dezembro no Citibank Hall (Av. Jamaris, 213, Moema, São Paulo, (11) 6846-6040), às quintas e sextas às 21h, sábados às 17h e 21h e domingos às 18h, com ingressos de R$ 60 a R$ 120. Em janeiro, o musical inicia turnê pelo Brasil.

“Sweet Charity”, de Bob Fosse, é um musical inspirado em “Noites de Cabíria”, filme de 1957 de Federico Fellini. Na história, Cláudia Raia viverá a prostituta Charity Hope Valentine (papel que foi de Giulietta Masina nos cinemas). No Brasil, o espetáculo terá 27 atores-bailarinos em cena, uma orquestra de 13 músicos, 2h40min de duração e será dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho, dupla que há anos vem montando grandes musicais no Rio.

A primeira versão do musical estreou na Broadway em janeiro de 1966 e teve mais de 600 apresentações (e levou um Tony Awards pela coreografia de Bob Fosse, que depois levou a história para o cinema com Shirley McLaine no papel principal). Em 1986, Debbie Allen foi a escolhida para a volta do espetáculo para a Broadway, e esta nova versão levou quatro Tony Awards. Houve ainda outra versão, do ano passado, com Christina Applegate vivendo Charity com coreografias de Wayne Cilento.

As datas nas demais cidades serão divulgadas em breve.

%d blogueiros gostam disto: